BRAGANTINO CONQUISTA SUA PRIMEIRA VITÓRIA NA SÉRIE C

BRAGANTINO CONQUISTA SUA PRIMEIRA VITÓRIA NA SÉRIE C

Bragança Paulista, SP (27)

Texto por Assessoria de Imprensa (Tatiana Rodrigues)

Iamgem: Rafael Moreira / C.A.Bragantino

O Bragantino entrou em campo buscando sua primeira vitória no Brasileiro da Série C e foi o Massa Bruta que tomou as rédeas da partida e partiu para cima do adversário: Vitor desceu em velocidade, cruzou na área e o centroavante Roberto Pitio quase abriu o placar.

O adversário tentou descer em contra-ataque com o jogador Heracles e o jogador sofreu falta do zagueiro Juliano. Pedro Ivo cobrou e o meia Safira cabeceou, Guilherme Mattis bem postado, afastou a bola.

O Braga continuou indo pra cima do Ypiranga com ataques rápidos saindo dos pés dos laterais Fabiano e Bruno Oliveira, Vitor, Rafael Chorão e Roberto Pitio sempre chegavam com perigo na área adversária.

Aos 18 minutos, o Massa Bruta chegou ao seu gol: Vitor desceu pelo meio, limpou seu marcador e passou para Bruno Oliveira que cruzou para o centroavante Roberto Pitio bem postado colocou no fundo da rede: 1 a 0 no Nabi Abi Chedid.

Após o gol, o adversário partiu para cima do Bragantino: o meio-campo Guilherme saiu da marcação de Adenilson e chutou, a bola foi pra fora. Na reposição de bola, o goleiro Rafael Pascoal saiu jogando Bruno Oliveira  que desceu pela direita, passou para o meia Chorão que tocou para Vitor que estava entrando na área adversária, mas o passe foi muito forte.

Em cobrança de falta do Ypiranga, o lateral esquerdo Heracles cobrou e William  cometeu falta de ataque. O técnico Guilherme Macuglia realizou sua primeira alteração: saiu Pedro Ivo e entrou Juninho.

O Massa Bruta continuou atacando o adversário: o meia Rafael Chorão cobrou falta e Roberto Pitio cabeceou, a bola passou muito perto. Em roubada de bola, Bruno Oliveira desceu em velocidade, cruzou para Vitor que chutou forte assustando o goleiro adversário. Fim de primeiro tempo: Bragantino 1 x 0 Ypiranga/RS.

No retorno para a segunda etapa, os times voltaram sem modificações e o Braga continuou indo pra cima do Ypiranga/RS. Em cobrança de falta, o meia Rafael Chorão alçou a bola na área, mas o atacante Wellington não conseguiu alcançá-la. O time adversário desceu com o lateral Heracles, mas Bruno Oliveira recuperou a bola e desceu em velocidade, tocou para Wellington que devolveu, mas o lateral do Massa Bruta foi bloqueado pela defesa da equipe adversária.

Vendo o domínio que o Bragantino fazia sobre o Ypiranga, o técnico Guilherme Macuglia fez sua segunda alteração: ele tirou o volante Guilherme e colocou o atacante Maycon. O jogador já entrou dando trabalho para a defesa do Massa Bruta, mas parou nas mãos do goleiro Rafael Pascoal.

O técnico Alberto fez sua primeira alteração: ele tirou o autor do gol Roberto Pitio que saiu aplaudido pela torcida do Braga e colocou Anderson Ligeiro. E o jogador do Massa Bruta colocou fogo no jogo, com sua velocidade ele deu trabalho para a defensiva do Ypiranga. O atacante fez grande jogada , saiu das marcação dos seus adversários e tocou para Edson Sitta que estava livre, ele chutou forte de fora da área e a bola passou muito perto.

Os dois treinadores mexeram outra vez: Macuglia fez sua última alteração, ele tirou Marcio e colocou Adriano, já o técnico do Bragantino tirou Vitor r colocou Daniel Pereira.

O time adversário foi em busca do gol de empate: o atacante Maycon roubo a bola no meio de campo, desceu em velocidade e chutou, o goleiro Rafael Pascoal evitou o gol de empate do Ypiranga.

O Braga continuou indo pra cima da equipe adversária, Anderson  Ligeiro quase marcou o segundo gol, mas a zaga do Ypiranga evitou. Fim de partida no Nabi Abi Chedid: Braga 1 x 0 Ypiranga/RS.

O Bragantino volta a campo no próximo sábado (03) às 15:30 hs onde enfrentará o Mogi Mirim fora de casa.

Ficha Técnica:

Partida: Bragantino 1 x 0 Ypiranga/RS

3ª Rodada – Brasileiro Série C

Data: 27/05/2017

Horário: 16 hs

Local: Estádio Nabi Abi Chedid – Bragança Paulista,SP.

Público:    554 pagantes      / Renda: R$ 5.045,00

Árbitro: Edivaldo Elias da Silva/PR (CBF)

Assistente 1: Luis H. Souza Santos Renesto/PR (CBF)

Assistente 2: Pedro Martinelli Christino/PR (CBF)

Quarto árbitro: Rafael Felix Gomes da Silva/SP (CBF)

Gols: Bragantino – Roberto Pitio (aos 18 do 1º Tempo)

Cartões amarelos: Bragantino (Juliano, Bruno Oliveira, Guilherme Mattis); Ypiranga/RS ( Carlos)

Equipes:

Bragantino: Rafael Pascoal, Bruno Oliveira, Juliano, Guilherme Mattis e Fabiano; Adenilson, Edson Sitta e Rafael Chorão; Wellington (Felipe Silva), Roberto Pitio (Anderson Ligeiro) e Vitor (Daniel Pereira). Técnico: Alberto Félix.

 Ypiranga/RS: Carlos, Márcio (Adriano), Diego Niza, Everton e Héracles, Carrilho, William, Guilherme (Maycon) e Safira; Andre Luis e Pedro Ivo (Juninho). Técnico: Guilherme Macuglia

Notícias Relacionadas